quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Resenha #5: Coraline

Oi pessoal, tudo bem com vocês?
Você conhecem esse livro? Não? Não sabe o que está perdendo.... Bora lá ver a resenha:
Título: Coraline
Autor: Neil Gaiman
Editora: Rocco
Páginas: 160
Sinopse: “A história de Coraline é de provocar calafrios. A narrativa dá muitas voltas e percorre longas distâncias, criando um ‘outro’ mundo onde todos os aspectos de vida são pervertidos e desvirtuados para o macabro. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.“

Minha Opinião:

Eu estava louco pra ler "Coraline" pois desde quando li "O Oceano no Fim do Caminho" fiquei fascinado com a escrita do Neil Gaiman. O quanto ele consegue facilmente nos levar aos lugares mais inusitados e como sua narrativa nos prende. Logo depois de ler esse livro, assisti o filme de "Coraline" que olha...é bem fiel ao livro se não fosse pelo acréscimo de um personagem, mas que no meu ver deu um ar melhor.
Mas vamos ao livro. "Coraline" tem uma narrativa super rápida até porque é um livro infantil (mas não tão infantil assim) e precisa ser algo que prenda a atenção das crianças. Mas em suas 160 páginas, Gaiman escreve de forma bela sobre as aventuras de Coraline como se estivesse descrevendo nossa infância.
A história de Coraline é a alegoria perfeita para o famoso ditado "A grama do vizinho é mais verde". Como bem sabemos, o ditado quer dizer justamente o contrário e nesse livro vemos de fato como isso ocorre. 
Coraline descobre uma porta na sala de sua casa que da primeira vez em que ela abre, não mostra nada além de uma parede de tijolos. Mas certo dia, a parede sumiu e Coraline segue o caminho até à sua outra casa onde ela tem outra mãe, outro pai e outros vizinhos. Tudo na sua outra casa parece melhor. Mas logo ela descobre que não é bem assim, mostrando que a grama do vizinho nem sempre é a mais verde e que é melhor mantermos os pés na realidade, não em algo que podemos achar ser melhor. Coraline, claro, descobre isso e ela passa por muito para aprender.
É o tipo de livro fascinante que todos devem ler e mesmo sendo uma história infantil, tenho certeza que irá tocar à todos.
"Coraline" é realmente uma obra-prima. Leiam e não se arrependerão de forma alguma!

Nota:

5/5
RaphaTV
RaphaTV

Raphael Sulivã nasceu em Taubaté-SP em 26 de Dezembro de 2000. Sempre foi uma criança muito criativa, gostava de tudo, e principalmente de Imaginar. Um dia resolveu escever um poema, e desde então não parou mais...

Um comentário:

  1. Oi, Raphael!

    Eu re-assisti este filme ontem mesmo. Também li O Oceano no Fim do Caminho e me apaixonei imensamente pela mente louca e genial do Gaiman! <3 Coraline se tornou uma meta de leitura para este ano, com certeza! O filme é bastante atraente e reflexivo!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir